• Com Cidália Ribeiro rentabilize o seu dinheiro.

Compare Listings

A compra de casa, é racional ou emocional?

A compra de casa, é racional ou emocional?

A compra de uma casa é racional e emocional. Quando ainda estamos a determinar o valor da casa que vamos comprar, a tentar perceber qual o valor que podemos investir, esta parte é racional. É a parte onde entram os números, vamos ao banco para saber quanto é que este empresta de acordo com os nossos rendimentos e as nossas necessidades.

É quando também determinamos algumas características principais, nomeadamente o número de quartos, tamanho da sala, com ou sem varanda, andar alto ou rés do chão, apartamento ou moradia. Tudo isto é racional.

A partir do momento que começamos a ver casas é aqui que entra a emoção…

É quando entramos numa casa, com todas as características que pedimos, mas há qualquer coisa na casa que nos diz que não é aquela.

É quando numa casa vimos algo que não nos tínhamos lembrado, que gostamos muito, que acrescentamos à lista de características que queremos… mas que até nem precisamos muito, mas também não nos apercebemos e que eventualmente pode encarecer a casa.

É quando entramos numa casa muito bem decorada e ficamos apaixonadíssimos pela casa sem nos aperceber que vamos comprar a casa vazia.

E não são raras as vezes, que vimos uma casa acima do orçamento que tínhamos e que ficamos encantados por ela. Não conseguimos que o proprietário da casa chegue ao valor que tínhamos orçamentado, mas mesmo assim vamos encontrar uma solução para arranjar mais dinheiro para conseguir comprar a casa, sem nos lembrar que vamos perder qualidade de vida mensal.

Podemos fazer com que a emoção não nos prejudique quando procuramos casa?

Podemos sim, antes de sair à procura de casa, devemos estipular muito bem as características da casa que queremos de acordo com as nossas necessidades e do orçamento que temos disponível, depois é manter o foco.

Tenho a certeza que vai encontrar a casa dos seus sonhos dentro do orçamento que estipulou.

Atenção: se a casa dos seus sonhos custa 1 milhão de euros e o seu orçamento é de 200.000€, calma aqui o problema não é do mercado imobiliário é apenas de todos nós 😉

Publicações relacionadas

Investidores estrangeiros mantêm confiança no mercado português e vão investir fora de Lisboa e Porto

Apesar da pandemia do Covid-19, os investidores imobiliários estrangeiros que estão em Portugal...

Continuar a ler
por Cidália Ribeiro

Decoração minimalista: os conselhos da Ikea para uma casa mais simples e bonita

Mínimo significa eliminar o supérfluo e, portanto, todos os objetos devem ser selecionados...

Continuar a ler
por Cidália Ribeiro

Compra e venda de casas e arrendamentos caem a pique em Abril

O mercado residencial está a sentir o “abalo” da pandemia da Covid-19, tendo-se resgistado...

Continuar a ler
por Cidália Ribeiro

Juntar-se À Discussão